Sistema Esquelético

            A Osteologia é a parte da anatomia que estuda os ossos. Todos os ossos encontrados no ser humano (aproximadamente 206 ossos no adulto) formam o esqueleto.

1.1 – Tipos de Esqueleto

            Pode-se apresentar em 4 formas: esqueleto articulado, esqueleto desarticulado, exoesqueleto e endoesqueleto. Este último apresenta-se em animais mais avançados na escala evolutiva e no próprio homem.

1.2 – Funções do Esqueleto

 

 

1.3 – Classificação dos ossos

            A classificação dos ossos mais difundida é aquela que leva em consideração a forma dos ossos, classificando-os segundo a predominância de uma das dimensões (comprimento, largura ou espessura) sobre as outras duas.

 

  • Ossos Longos: comprimento maior que a largura e a espessura. Esses ossos possuem três regiões: epífise proximal, diáfise e uma epífise distal (ex. úmero);
  • Ossos Curtos: comprimento, largura e espessura se equivalem (ex. ossos do carpo);
  • Ossos Planos (ou Laminares): comprimento e largura equivalentes, porém maiores que a espessura (ex. parietal);
  • Ossos Irregulares: formas variadas, não se encaixando em nenhuma das categorias anteriores (ex. vértebras);
  • Ossos Pneumáticos: presença de cavidades (seios) com ar (ex. frontal);
  • Ossos Sesamóides: encontra-se no interior de tendões ou dentro de cápsula articular (ex. patela).

1.4 – Divisão do Esqueleto

 

    O esqueleto divide-se em duas grandes porções:

a)     Esqueleto axial: forma o eixo do corpo e é constituído pelos ossos da cabeça, pescoço e tronco (tórax e abdome);

b)     Esqueleto apendicular: forma os membros (superiores e inferiores) que se unem ao esqueleto axial através dos cíngulos (escapular e pélvico).